Sopsa apoia municípios nos seus objetivos de reciclagem

Já estão abertas as candidaturas aos fundos europeus para a introdução de soluções que permitam aumentar significativamente a participação e a eficiência dos sistemas de recolha e reciclagem multimaterial (sistemas PAYT – Pay-As-You-Throw).

O Aviso-Concurso foi publicado a 15 de março, e destina-se à Valorização de Resíduos Urbanos - Projetos inovadores de recolha seletiva de fluxos valorizáveis e de resíduos perigosos contidos nos resíduos urbanos. As candidaturas decorrem até dia 27 de junho de 2019. Estes fundos financiam projetos que comprovem o seu contributo para o aumento das taxas de reciclagem, com forte componente de inovação designadamente a implementação de sistemas de incentivo e tarifação PAYT.

Consciente da importância que estes projetos podem ter para a otimização da gestão dos resíduos, para a sua valorização e para a consequente qualidade de vida dos cidadãos, a Sopsa propõe-se apoiar as autarquias na preparação dos seus projetos, designadamente com uma equipa especializada que pode aconselhar sobre os equipamentos e sistemas para gestão de recolha de RSU que melhor se adaptam a cada situação e a cada comunidade.

Quer se trate de uma comunidade urbana ou rural, uma região com maior ou menor   densidade populacional, quer se trate de uma zona residencial ou de uma zona de serviços, a Sopsa pode aconselhar cada autarquia sobre a tipologia e a capacidade de contentores a utilizar, assim como sobre a forma de implementação de um inovador sistema PAYT, que incentive a recolha seletiva dos resíduos valorizáveis, ao mesmo tempo que diminui a sua deposição em aterro.

“O sistema PAYT vai ser o futuro na gestão de recolha de resíduos e será um aliado fundamental para que as autarquias consigam cumprir os seus objetivos de reciclagem. Achamos que esta é a altura certa para que os municípios aproveitem estes incentivos e a Sopsa quer ajudá-los a não perder esta oportunidade”, explica Maria João Ferreira, diretora comercial da empresa. De salientar que a Sopsa já está no mercado internacional com os novos sistemas PAYT desde 2013, designadamente em França, onde já instalou mais de 350 contentores com sistemas inteligentes para o controlo de acessos e sondas de enchimento.