Ecopontos Green Bee instalados em Cabeceiras de Basto

O município de Cabeceiras de Basto vai instalar durante o mês de setembro 34 ecopontos Green Bee, da Lasso, para recolha seletiva (incluindo pilhões) e 12 unidades para recolha de resíduos domésticos orgânicos indiferenciados. Dois desses ecopontos acabam de ser inaugurados pelo presidente da autarquia, Francisco Alves, no centro da vila de Cabeceiras de Basto. Para além destes, também as freguesias de Arco de Baúlhe, Cavez, Basto e Alvite receberão estes equipamentos.

“Trata-se de mais uma autarquia que reconheceu as enormes vantagens ambientais e económicas que a nova geração de contentores enterrados Lasso comporta. É uma grande satisfação saber que os ecopontos “Green Bee” respondem eficazmente aos objetivos do nosso cliente: contribuir para a preservação e proteção do ambiente, aumentado a quantidade de material recolhido seletivamente para reciclagem e, consequentemente, reduzindo a deposição de resíduos urbanos em aterro”, salienta Maria João Ferreira, diretora comercial da Sopsa.

São várias as vantagens dos ecopontos enterrados “Green Bee”, ao nível estético, ambiental e económico. São contentores eco-friendly, com uma grande capacidade, robustez e resistência, a um preço muito competitivo. Os contentores “Green Bee” são fabricados de acordo com as mais exigentes normas europeias, tendo sido desenhados para gerar o menor impacto urbano possível, com a máxima preocupação pelo ambiente e pela acessibilidade e segurança dos utilizadores. O facto da deposição dos resíduos se encontrar enterrada retarda a proliferação de bactérias e minimiza a proliferação de odores, o que o torna numa excelente opção para zonas residenciais. A sua grande capacidade de armazenamento diminui a frequência de recolha e, consequentemente, os custos operacionais. Como tal, muitas autarquias estão já a optar por esta solução inovadora de recolha de resíduos sólidos urbanos.