Reguengos de Monsaraz aumenta capacidade de recolha com ecopontos Green Bee

A cidade de Reguengos de Monsaraz, no Alentejo, acaba de aumentar significativamente a sua capacidade de recolha seletiva para resíduos sólidos urbanos ao instalar 14 ecopontos de contentores enterrados Green Bee, da Lasso, aos quais se acrescentaram ainda três contentores para resíduos indiferenciados. No total, são 45 contentores com capacidades entre os 3m3 e os 5m3 que vieram reforçar ou substituir os contentores de superfície já obsoletos e aumentar a rede de ecopontos disponíveis para reciclagem de resíduos.

“Este é mais um caso específico em que a Sopsa integra, com sucesso, mais uma candidatura de um município a um projeto financiado cujo objetivo primordial é o de atingir as metas previstas pelo PERSU 2020, enquanto, simultaneamente reduz as despesas com a gestão de resíduos. Isto significa que as nossas soluções de contentorização se enquadram eficazmente nestes objetivos, o que se deve às suas características de comodidade de utilização, fácil acesso, ergonomia, robustez, eficácia de operação e grande capacidade”, explica Maria João Ferreira, diretora comercial da Sopsa.

Com os novos ecopontos Green Bee, a autarquia de Reguengos de Monsaraz pretende incentivar a recolha seletiva de resíduos junto dos seus munícipes, de forma a cumprir as metas da reciclagem ditadas pela União Europeia. Para além disso, os contentores dedicados às embalagens possuem um dispensador de sacos para dejetos caninos, uma nova funcionalidade que potencia a limpeza urbana e representa um apoio fundamental para o cumprimento de boas práticas de cidadania.

“Com os novos ecopontos da Lasso, aumentamos a capacidade instalada para recolha seletiva e minimizamos os custos com a recolha de resíduos. Paralelamente, estes contentores enquadram-se no nosso projeto de requalificação urbana, com uma estética que lhes permite uma adaptação perfeita ao espaço envolvente”, afirma Miguel Singéis, vereador do Ambiente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz.