Sopsa fornece 77 ilhas ecológicas para Planalto Beirão

A Sopsa Eco Innovation vai fornecer 77 ilhas ecológicas aos municípios de Viseu, Satão e Santa Comba Dão, integradas no concurso lançado pela Associação de Municípios da Região do Planalto Beirão, no âmbito do POSEUR – Programa Operacional para a Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos, com vista ao aumento das taxas de reciclagem na região.

Na sequência de uma candidatura conjunta dos 19 municípios que integram o Planalto Beirão, será implantado um sistema intermunicipal integrado de gestão de resíduos sólidos urbanos, de forma a criar soluções de valorização e tratamento dos resíduos com vista à proteção do ambiente e à preservação da beleza da região.

Dentro deste concurso, a Sopsa irá instalar 58 ilhas ecológicas em Viseu, 15 em Satão e 4 em Santa Comba Dão, num investimento total de cerca de dois milhões de euros. Trata-se de um total de 285 contentores semienterrados Lasso, de três ou cinco metros cúbicos de capacidade, dos quais 77 unidades para deposição de vidro, 77 para plástico e embalagens, 77 para papel e 54 para resíduos indiferenciados.

No âmbito do projeto “Viseu Recicla”, integrado neste concurso público lançado pelo Planalto Beirão, as ilhas ecológicas a instalar, neste município,  bem como algumas já existentes, irão estar equipadas com tecnologia de controlo de acesso de forma a permitir o inovador sistema PAYT (Pay-As-You-Throw), numa iniciativa pioneira que visa incentivar a deposição seletiva dos resíduos e transformar Viseu na “cidade mais ecológica do país”. O sistema funcionará através de um cartão para controlo de acesso, que permite avaliar a quantidade dos resíduos depositados por cada munícipe. Este sistema é um claro incentivo para os cidadãos, para promover a separação na origem e aumentar as taxas de recolha seletiva. Trata-se de um método mais justo que promove a redução dos resíduos indiferenciados produzidos por cada cidadão e a sua deposição em aterro, bem como o aumento da separação dos resíduos valorizáveis.